Bolívia não terá Coca-Cola e McDonald’s a partir de dezembro

(from folha de sao paulo)

O chanceler David Choquehuanca afirmou que a decisão “estará em sintonia com o fim do calendário maia e será parte da festa para celebrar o fim do capitalismo e o começo da cultura da vida”.

“O 21 de dezembro é o fim do egoísmo, da divisão. Esse dia tem que ser o fim da Coca-Cola e o começo do mocochinche [suco de pêssego]. Os planetas se alinham depois de 26 mil anos. É o fim do capitalismo eo começo da vida comunitária”, disse, em ato com o presidente Evo Morales.

Ao contrário da Coca-Cola, o McDonald’s decidiu sair por não conseguir se incorporar aos hábitos alimentares bolivianos, após 14 anos de tentativas. A empresa fechará seus oito restaurantes após ter prejuízos em suas operações em mais de uma década, caso único entre as filiais da rede de lanchonetes.

O país andino ainda conserva a culinária tradicional e dá valor ao rito de preparo da comida, que inclui a compra dos alimentos, a decisão de comer, a convivência durante o preparo, a forma em que se apresentam e a maneira que são servidos.

SABER O QUE VC ESTA COMENDO, PQ , COMIDA EH REMEDIO.

SE CONECTAR COM SEU CORPO E MENTE DE MANEIRA COSCIENTE

ISSO EH MENTALIZA.

Advertisements

About livmassei

missionaria contra os bons costumes em prol da verdadeira ordem cosmica

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: